VIVER MAIS DIÁLOGO 2.0

Workshop para Casais

As perguntas podem salvar um casamento

O CAMINHO DOS VALORES NA REALIZAÇÃO A DOIS 

Paulo Roberto Rech - Psicólogo, logoterapeuta

Viktor Emil Frankl:

 "Amar é a única maneira de captar outro ser humano

no íntimo da sua personalidade".

 

PRIMEIRA ETAPA:

 

(* PERGUNTAS PESSOAIS, RESERVADAS A CADA UM DOS PARTICIPANTES.)

Escreva, de modo reservado, um total de 4 a 6 perguntas que Você gostaria de fazer ao seu cônjuge, começando 2 ou 3 com “por que” e outras 2 ou 3 com “para que”. São perguntas pessoais, reservadas e devem ser dobradas e guardadas para si. As perguntas são suas, pessoais e ficarão reservadas.

 

SEGUNDA ETAPA:

 

A seguir, perguntas ao casal, pensadas e respondidas para si mesmo e entre os cônjuges.

Não se preocupem em ler todas as perguntas logo no início. Leiam e respondam,

na medida do possível.  Não é necessário escrever as respostas.

(Tempo do BLOCO A: 30 minutos)

A. UM PRIMEIRO LEVANTAMENTO:

1.  O que nos trouxe aqui?

2. O que eu mais quero, hoje?

3. O que eu vi de positivo no outro para estar com ele em definitivo?

4. Existe algo que me impede ou dificulta de ver este positivo hoje?

5. O que mais nos ajuda para estarmos juntos?

6. O que mais dificulta no buscar momentos para estar juntos?

7. Em alguns momentos é difícil voltar para casa?

8. Eu tenho perguntas ou temas os quais não consigo falar com meu cônjuge?

9. A memória do nosso passado é agradável?

10. Quais são os meus projetos de curto e longo prazo?

11.  Os nossos projetos coincidem?

12. Quais são os nossos (do casal) projetos de curto prazo?

13. O que mais me repousa? Como gosto de repousar?

14. O que faço para que o outro repouse?

15. Eu tenho a percepção que algumas minhas atitudes o/a incomodam?

16. O que faço para evitar ou atenuar o incômodo?

17. Como era e o que era o nosso repouso nos primeiros anos de casados?

 

____________________  ____________________

18. REFLEXÃO E NOTA PESSOAL, RESERVADA, INDIVIDUAL:

Que nota posso dar, a mim mesmo/a, sobre a dedicação pessoal ao outro?

​​​

S

“Ninguém consegue ter consciência plena da essência última de outro ser humano sem amá-lo. Por seu amor, a pessoa se torna capaz de ver os traços característicos e as feições essenciais do seu amado; mais ainda, ela vê o que está potencialmente contido nele, aquilo que ainda não está, mas deveria ser realizado".

(Viktor Frankl)

B) VIDA PROFISSIONAL, O SUCESSO E O TEMPO

      (Tempo do bloco B: 15 minutos)

REFLETIR JUNTOS:

"Não procurem o sucesso. Quanto mais o procurarem e o transformarem num alvo, mais vocês vão errar. Porque o sucesso, como a felicidade, não pode ser perseguido; ele deve acontecer, e só tem lugar como efeito colateral de uma dedicação pessoal a uma causa maior do que a pessoa, ou como subproduto da rendição pessoal a outro ser."

(Viktor E. Frankl)

Perguntas individuais, respondidas como casal, um ao outro.

1. O que é sucesso para mim?

2. O que estou fazendo para alcançar o meu sucesso?

3. Estou satisfeito com os resultados?

4. Como está o investimento do tempo para alcançar o sucesso?

CONCLUINDO, RETORNAREMOS PARA A SALA!

"Sucesso e felicidade acontecem

somente como consequência".

(Viktor Frankl)

C) VIDA A DOIS, O SUCESSO E O TEMPO
      (Tempo: 30 min)

"Não procurem o sucesso. (...) vocês vão errar.

 

O sucesso, como a felicidade, não pode ser perseguido;

 

Ele deve acontecer, e só tem lugar como efeito colateral de uma dedicação pessoal a uma causa maior do que a pessoa,

 

ou como subproduto da rendição pessoal a outro ser."

(Viktor E. Frankl)

1.  O que é sucesso no casamento?

2.  O que estou fazendo para alcançar o sucesso no casamento?

3.  Estou satisfeito/a com os resultados?

4.  Sucesso no casamento significa ausência de diferenças?

5.  Na vida profissional, o que significa para mim o sucesso ou o fracasso do outro?

6.  Na vida profissional, como o outro vê o meu sucesso ou o meu fracasso?

7.  O sucesso do outro, em qualquer nível ou dimensão - na profissão, no lazer, na cozinha, no relacionamento com filhos e amigos - é um sucesso também meu?

8.  Que significado tem, para mim, o "desastre" do outro? O "desastre" do outro é o meu desastre?

9.  Quanto do meu sucesso devo à presença e existência do meu cônjuge?

⇒ Dialogar sobre o texto abaixo:

(Leitura e diálogo: 10 min)

 

Um Meio ou uma Desculpa

Roberto Shinyashiki

Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.

Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.

Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo.

O sucesso é construído à noite!

Durante o dia você faz o que todos fazem.

Mas, para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial.

Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados.

Não se compare à maioria, pois, infelizmente ela não é modelo de sucesso.

Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas.

 

Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão.

Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.

 

A realização de um sonho depende de dedicação. Muita gente que espera que o sonho se realize por mágica, mas toda mágica é ilusão, e a ilusão não tira ninguém de onde está, em verdade a ilusão é combustível dos perdedores, pois...

Quem quer fazer alguma coisa, encontra um MEIO.

Quem não quer fazer nada, encontra uma DESCULPA.

 CONCLUINDO, RETORNAR PARA A SALA DO WORKSHOP!

~~~   ~~~  ~~~

TEXTO COMPLEMENTAR

(...) "É dentro do campo filosófico que surge esta máxima: “mais importante que as respostas, são as perguntas” ou ainda “são as perguntas que movem o mundo”. Este conceito, que relaciona perguntas e respostas, foi apropriado por outras ciências e trouxe bons frutos também para a Psicologia".

“Imagine que você está vivendo a vida uma segunda vez, e que na primeira vez, para esta mesma situação, você agiu errado. Como você agiria hoje?” Surpreendente, não? Simples e surpreendente, pois o pensar que podemos estar agindo ou vivendo “uma segunda chance” pode nos ligar um alerta e nos ajudar a refletir melhor sobre nossas ações.

 

=======

"Este é o objetivo desta proposta e deste trabalho: refletir sobre nossa vida, nossas ações, projetos, escolhas e resultados. E refletir com perguntas, como fizeram os filósofos gregos e como fazem os seus seguidores."

=======

"As perguntas tem um único propósito, que é dar (mais) elementos para uma saudável reflexão sobre a vida pessoal, sobre a vida a dois, sobre os conceitos que moviam o casal ontem e que o movem hoje (...)e particularmente sobre os relacionamentos e afetos do casal".

Paulo Roberto Rech

Viver Mais Diálogo 2.0

Workshop On-line

Oceano
Cuidado, é contagioso!

Intencionalmente mudo.

A FORÇA DA UNIÃO

Vídeo indiano, foi usado anteriormente no

~ PER CURSO ~

cursos e formação para sacerdotes e religiosos.

Atenção com o volume,

pode estar alto.